21 de novembro de 2009

Dizeres

Meu riso é a tristeza que eu ainda não contei
As noites de frio insuportável eram-me as mais doídas
A isolação é refúgio para quem busca respostas
Eu não conseguia desvendar o enigma da minha vida
A escuridão melancólica trazia um imenso vazio
À beira do abismo profundo da agonia
Começa com a dor e termina com a esperança
Minha alma clama por redenção
Há uma razão para tudo isso
Mas eu ainda acredito na imortalidade dos sentimentos
Encontre em mim o seu porto seguro
Traga-me a paz do seu abraço
E o encanto da luz que irradia seus olhos
Você já faz parte de mim.

2 comentários:

  1. Olá, flor! Gostei muito do seu texto! Parabéns!
    Já estou te seguindo! Me siga também!

    Seu blog é lindo!!

    Comenta no meu blog também! Postei uma versão que escrevi da música "Elected", do Alice Cooper!
    Conto com você para apreciar meu trabalho de letrista!

    RIOT kisses,
    Mari.

    ResponderExcluir