28 de fevereiro de 2009

Ainda Há

Mais uma noite tempestuosa
O céu desaba lá fora...
Assim como lágrimas caem
Sobre a face do desconsolado
A tristeza o torna sereno
A lucidez o traz esperança
De que o amanhã será melhor.

Um comentário: